quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Médicos 13.07.09

Voltei ao Dr. Adorno (cirurgião plástico), a família quase toda foi junta (como sempre), papai, mamãe, Dedé e Mila que ainda estava de férias aqui em Bsb e foi nas consultas com a gente. Mexemos no expansor pela primeira vez. Como expliquei anteriormente foi injetado soro fisiológico em uma válvula que fica implantada perto do seio. É bem curioso ver seu seio aumentando de tamanho rapidamente. Parecia que tinha um motorzinho ligado dentro de mim. Por fim ele deixou meu seio direito do mesmo tamanho do esquerdo e ainda bem ficarei assim até o término da quimioterapia. Depois de tudo podemos pensar em aumentar. E é claro que quero aumentar... já que mexeu.... Do consultório do Dr. Adorno fomos a Dra. Patrícia (Oncologista) que médica ótima! Aliás, quero dizer que graças a Deus todos os “meus” médicos, pois nunca fui tão bem tratada em toda minha vida. Todos, sem exceção, me transmitiram segurança e sinceridade, todos foram carinhosos, generosos e atenciosos, inclusive a Dra. Giovanna (Mastologista) que não pode me acompanhar por causa de sua gravidez (Bem-vinda Manoela!). Voltando ao assunto, fomos muito bem recebidos pela Dra. Patrícia que explicou em detalhes como seria o tratamento. Saí de lá muito segura. O que ainda me angustiava era o fato de saber que a função ovariana poderia ser afetada pela quimioterapia e poderia me ocasionar uma infertilidade. Mas ela explicou que além do procedimento que eu poderia fazer antes da quimio (congelamento de óvulos, por exemplo) ainda tinha um remedinho que eu ia tomar para tentar preservar a função do ovário. Já tínhamos uma consulta marcada com uma médica especializada em reprodução humana e ela ainda indicou outro médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui: