sexta-feira, 7 de maio de 2010

No mundo do câncer

Depois que você passa por uma doença como um câncer, você se dá conta da infinidade de pessoas que estão passando pela mesma situação. Situações por vezes piores, por vezes menos piores que a sua. A partir daí, você entra no mundo do câncer. Conhece essas pessoas, convive com médicos, enfermeiros, hospitais, exames, quimioterapia, radioterapia, remédios, etc. O mundo meio que gira em torno desse assunto. É só eu chegar na radioterapia e sentar perto de alguém diferente que vem a pergunta: - o seu foi aonde? Aí cada um conta a sua história e troca suas experiências. Esse contato acho importantíssimo, pois descobrimos sempre novas informações. São crianças, adolescentes, idosos, pessoas de todas as idades, cada um tratando o seu tipo de câncer de formas diferentes. Nunca nenhum caso é igual ao seu. O mundo do câncer é um mundo cheio de descobertas. Nos descobrimos mais fortes, na maioria dos casos, somente nos descobrimos. Aprendemos e ensinamos, mais aprendemos do que ensinamos. E o crescimento sempre está dentro de nós. O mundo do câncer traz também tristezas. Vez ou outra, alguém cumpre seu papel e deixa o mundo físico para evoluir no mundo espiritual. As pessoas que ficam muitas vezes não entendem essa ausência e sofrem com a partida do ser querido. Esses não perderam a luta, foram os que lutaram mais bravamente. Mas o mundo do câncer também traz alegrias. A família e os amigos, através do amor, do carinho e do apoio, nos trazem a mais plena felicidade. Os laços que se firmam não se afrouxarão nunca mais. Mas a alegria maior está na contemplação da vida, que aos nossos olhos se torna diferente. Digna de ser vivida, da melhor forma possível.

Sem mudar o assunto, final de semana passado cortei as madeixas. Fui a Goiânia fazer uma prova de concurso e acabei parando em um salão de beleza. Como o cabelo já cobriu toda a cabeça e as laterais crescem mais rápido do que em cima e o mesmo ainda estava sem corte nenhum, fui influenciada pela minha mãe e minhas tias a apará-lo. Não queria cortar por medo de demorar mais ainda para crescer, mas cortei e depois achei ótimo. Estava sem corte e agora vai crescer com corte. Me senti muito melhor, mais bonita. Saí de lá fashion! Realmente não dava para deixar crescer sem nenhum corte. Postei umas fotinhas da mamãe e das tias corujas acompanhando o cabeleireiro para que ele não tirasse um dedo a mais do que o planejado. Só pra constar, as sobrancelhas demoram mais a crescer, as minhas estão em fase de crescimento.

A contagem regressiva continua... faltam 18!

Para as mães, um feliz dia!

Para a minha, TE AMO MÃE, OBRIGADA SEMPRE POR TUDO!

Amanhã é aniversário do meu irmão mais lindo do mundo. Parabéns João! Te amoooooo!

6 comentários:

  1. Amanda..... Linda história de vida...... Estou em tratamenton também.... Tenho 24 anhos e já fiz minha primeira quimioterapia... Estou levando o tratamento com muita alegria igual você... Queria tirar uma dúvida... Vc tomou o zoladex desde a primeira quimio???? Se puder mandar a resposta no e-mail: rubia.brasil@gmail.com.... eu agradeço.....
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Amanda!
    que linda!
    teu cabelo tá lisisnho!
    o meu sempre foi crespo, e agora está numa revolta só...coitado, não sabe se cresce pra cim,a ou pra baixo...optou por fazer os dois....rsrsrs a vida segue né amiga....as coisas estão se encaixando de novo...
    coisa boa né!

    bjs...

    tu tá linda menina....parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Olá Amanda, te vendo tão bem assim, dá uma ansiedade pros meus crescerem logo também. Vc transmite muita força pra nós. Vc está muito lindinha com seu corte novo. Quanto as trocas de experiências, acontecem a todo momento mesmo, a cada consulta, quimioterapia; enfim, servem para o nosso crescimento espiritual. Tenha um bom fim de semana. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Nossa...finalmente acabei de ler seu blog do começo ao fim!!!rsrs
    Acho q quando começou escrever não imaginou até q ponto ajudaria as pessoa e de q forma, né?!
    Descobri um cancer há uma semama e quando o medico abriu ele já estava muito grande 4,5cm e segunda-feira passarei o dia no A C Camargo (Hospital do Cancer de SP)fazendo exames para saber se tem metastase e com cirurgião plastico e farei mastectomia radical semana q vem.
    To confiante, não por mim, mas pq creio q Deus está do meu lado e ainda me deu a graça de ser mãe da Sofia, q tem 9 meses de vida e é benção da nossa casa.
    Será meu primeiro dia das mães e independente disso, será um dia muito feliz e esperado!
    Tenho certeza q vc tb passará por essa esperiência, pq Deus já decretou isso como seu trofeu de vitoria!!!
    Estou orando por vc, bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Amanda
    Passei pela mesma experiência, inclusive no que tange à contagem regressiva da radio...rs. Os meus cabelos eram lisos e agora estão crescendo crespos... brinco que sou a dona Florinda...Estou super bem e super confiante na cura. um bj Meire Linhares - fernandoarlete@terra.com.br

    ResponderExcluir
  6. Amigas queridas...estou emocionada...
    Estou indo esta semana para o minha 5 sessao de quimioterapia, que sera a branca com o Herceptin. Tenho 37 anos e descobri meu cancer de mama na vespera do Natal de 2009 e fiz uma cirurgia do quadrante e pesquisa de linfonodo no dia 26/01 e infelizmente houve comprometimento de 1 linfonodo e tive tb. que tirar o seio direito. O medico recomendou que fizesse a reconstrucao no final e hoje uso uma protese externa. Estou usando peruca e me sinto muito bem, felizmente elas existem mas nao veja a hora de ver meus cabelos de volta, podendo vir como quiser.
    Desejo a todas as amigas que estejam passando por isso que se apeguem a Deus e amigos, que logo tudo isto passara, temos que ser fortes como sempre fomos. Um beijo e felicidade.
    Caso queiram me contatar ficarei muito feliz.
    email: sfrancoso@hotmail.com
    Sonia Francoso

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui: