domingo, 22 de agosto de 2010

O livro da vida


Peço desculpas pela ausência no blog, mas, como disse antes, comecei a trabalhar, estou fazendo minha monografia da pós, por isso a vida agora está meio corrida e não estou conseguindo achar tempo para escrever no blog como antes, mas prometo não abandoná-lo. Afinal, além da troca de informações, a atividade me serve como uma terapia. A gente realmente desabafa aqui. Descobri que escrever é muito bom. Aliás, desde pequena sempre tive diário, sempre gostei de liberar meus estresses e sentimentos com a escrita. Mas era só eu e o diário. Agora, com o blog, compartilho meus sentimentos com várias pessoas, o que é ótimo. A cada dia recebo vários e-mails de todo lugar do país de companheiras de luta, que estão entrando agora neste mundo ou que já estão passando por isso há algum tempo. Deram-me a ideia de escrever um livro com base no blog. Fiquei empolgada, mas é um projeto para quando tudo acalmar, acabar a pós, fazer a tão sonhada reconstrução definitiva, etc. Quem sabe.... Nesse mundo do câncer, nos deparamos com tantas histórias, algumas felizes, outras nem tanto. Quantas lutas, quantas vidas... Mas todos com suas histórias, compondo o livro da vida. A vida, cheia de mistérios... Alguns desvendados pela ciência, mas não pelo coração. Ela é simplesmente inédita, nunca sabemos o que está por vir, e o que ela nos reserva. Daí, nos depararmos com as provações, momentos difíceis, que podem nos trazer algumas respostas. Posso dizer que passei por um momento desses. E tenho certeza de que todos que também passaram ou passam por algo semelhante vivem uma jornada pessoal, uma fase de autoconhecimento, cheia de descobertas simples, mas de grande importância. Com o tempo, vamos conseguindo enxergar os porquês dessas provações. E depois de tudo isso só nos resta agradecer, pois aprendemos e amadurecemos. Nunca seremos perfeitos, longe disso, ainda temos muito a aprender e amadurecer. As coisas não acontecem por acaso, acontecem porque têm que acontecer, porque temos que passar por elas. Talvez por escolhas nossas, talvez por determinação divina. A vida já está escrita, no livro da vida, aquele que Deus escreve certo, mas por linhas tortas.
Obrigada, meu Deus, por me permitir aprender cada dia mais, pela sabedoria adquirida e pelo que ainda está por vir. Obrigada por essa chance! Quero aproveitá-la ao máximo. Quero é viver!


"...e de nada vai valer
lamentar a dor
nós temos que
seguir em frente
a vida não parou
vai ser difícil esquecer
tudo que passou
mas são as quedas
que ensinam cultivar o nosso amor..."
(Leve com você - Natiruts)

3 comentários:

  1. Olá Amanda, aliás o nome de minha filha de 23 anos,achei muito bancana seu blog e relato eu estou com cancer de mama no lado direito também e lutando contra ele,e voce me animou em questao de resultado, ja fiz 4 sessoes de quimio da vermelha e diminuiu muito pouco estou preocupada com isso, realmente a gente começa ver a vida de outra maneira, estou reciclando tudo dentro e fora de mim, fiz um blog www.desafiandoocancer.blogspot.com, para divulgar e passar minhas experiências. que Deus nos proteja sempre, um grande bju e parábens pela sua vitória

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    O agBook, da AlphaGraphics, publica livros sob demanda de forma fácil e totalmente gratuita. Para publicar, basta acessar www.agbook.com.br e efetuar seu cadastro.
    O principal objetivo do agbook é apoiar novos escritores brasileiros e ainda oferecer todas as técnicas para que o autor não somente publique o seu livro como também o promova de maneira eficiente.
    Coloco meus contatos à disposição para qualquer dúvida pbaiadori@alphagraphics.com.br
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Amanda, não tinha visto esse seu post, minha cabeça não anda boa rs.. Minha mama está bem queimada, coça por conta da radio. Mas to no final, faltam 12. Que sua vida esteja em paz, com muita saúde! Um abraço!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui: