quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

5 anos depois...uma recidiva


Pois é! 5 anos depois, uma recidiva.

Vou contar tudo...

Na verdade, notei um carocinho pequenino, palpável, bastante firme localizado na mama mastectomizada em meados de março. Para ser mais exata, o nódulo estava bem no limite da cirurgia de mastectomia. Fizemos uma ecografia que sugeriu um lipoma localizado às 10 horas na região subcutânea da mama direita. O lipoma seria um acúmulo de tecido adiposo, caracterizado como uma alteração benigna, comum em áreas que sofreram com cirurgias. Três meses depois, partimos para a ressonância das mamas. Nada foi visto. Nem ao menos o carocinho que eu sentia quando apalpava a área. Por isso a importância de se fazer vários exames diferentes de imagens, pois o que um não vê, o outro pode ver. E ele ficou lá até setembro, quando notamos um pequeno crescimento e fomos tirar a prova com mais uma ecografia, juntamente com a mamografia. Na primeira, BI-RADS US 4B, e na segunda, BI-RADS US 4C, ou seja, os dois com suspeita de malignidade. Foi difícil detectá-lo na mamografia, mas depois de muita “manobra” conseguimos achá-lo e ver que realmente havia modificado de tamanho.

Fizemos a excisão cirúrgica no dia 15 de outubro, com anestesia local e sedativo, saí no mesmo dia. No outro dia, meu maridinho também foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo da qual teve que reconstruir o ligamento cruzado anterior, fazer uma artroscopia no menisco e ainda uma raspagem na cartilagem. Em casa era um ajudando o outro. Eu não podia mexer o braço e ele a perna..rs.

Alguns dias depois minha mastologista me ligou me contando sobre o diagnóstico. O que eu temia estava acontecendo: uma recidiva. O anatomopatológico indicou Carcinoma ductal infiltrante de alto grau (grau 3 de nottingham). Fiquei meio absorta por alguns segundos e logo desabei para o meu marido que estava olhando pra mim enquanto eu falava com ela ao telefone. O susto passou logo. Depois veio um medo. Medo do que estava por vir, do incerto, de metástase, de sei lá o quê, de estar acontecendo de novo, da morte... sim! Pela primeira vez senti um frio na barriga em pensar que é assim que essa doença faz. Ela nos pega sempre “desprevenidos” (claro! Ninguém está preparado nunca. Nem para um primeiro e nem para um segundo, terceiro, quarto diagnósticos...), surge em algum lugar dentro do seu corpo, depois vai se espalhando e um dia ele (o corpo) não agüenta. Aí você deixa para trás sonhos, amores, saudades, vazios. Dessa vez senti este medo. Pois isso quer dizer que existe um monstrinho pronto para explodir dentro de mim, ou seja, essa predisposição genética a desenvolver o câncer existe, de fato, em mim.

Sempre me preocupei muito com a mama esquerda, a mama sadia, pois vira e mexe aparece algo suspeito por lá. Porém, o bichinho estava escondido era na direita mesmo. A recidiva foi local, surgiu no mesmo local de origem. A mama mastectomizada nunca é 100% removida e algumas células podem ter sido liberadas no tumor primário.

Na oncologista, conversamos sobre o tratamento. Da primeira vez, meu tumor foi classificado como – triplo negativo (ou basal-símile) – tipo de tumor que é normalmente agressivo, não é receptor de estrogênio e de progesterona, e negativo a proteína HER2. Por este motivo é um tipo de tumor que não se conhece bem, não se sabe ao certo como ele agirá e como responderá aos tratamentos. Desta vez, as características do novo tumor eram diferentes. Deu positivo para os receptores hormonais, sendo neste caso, considerado o subtipo molecular – luminal B. 

A partir desses dados pode-se começar definir um tratamento, porém, por diversos motivos, a quimioterapia ainda não estava definida no meu tratamento e por recomendação médica, optamos por fazer um teste chamado ONCOTYPE DX. Este teste de expressão gênica é realizado somente nos Estados Unidos (o material é enviado ao laboratório por meio de representantes aqui no Brasil) e consegue avaliar 21 genes relacionados ao crescimento e proliferação dos tumores de mama. Ele é utilizado principalmente para orientar a tomada de decisão em relação ao tratamento quimioterápico, além de avaliar a probabilidade de recidiva em aproximadamente dez anos. Demoramos um pouco para levantar a grana ($ 4.610,00 – cerca de R$ 12.000,00) para realizar o teste, que com ajuda da minha família (tias, tios, primos e primas – que me fizeram uma surpresa arrecadando entre eles a metade do valor) foi bem mais rápido. Mas o que demorou mesmo foi a burocracia para se fazer uma transferência bancária internacional... aff...

O resultado do meu teste não foi dos melhores. Ele revelou que possuo 37% de risco de recidiva e ainda estou incluída no grupo de alto risco. A boa notícia é que o teste mostra um bom prognóstico após o tratamento de quimioterapia associado ao uso do tamoxifeno (hormonioterapia), do qual essa taxa cai para cerca de 10%.

Já iniciei os ciclos de quimioterapia, até o momento já fiz três sessões e já temos uma quarta marcada (19/02/15). No meio disso tudo ainda tive que travar uma pequena batalha judicial com meu plano de saúde (SulAmérica – falo mesmo!) que por meio de uma liminar consegui continuar o tratamento recomendado pela médica. Absurdo! Tentaram cancelar parcialmente meus medicamentos com a alegação de que não tinham indicação para minha patologia. Hahaha... Como assim? Não tem indicação? Oi? Onde os médicos da SulAmérica estão fazendo esses estudos? Nem acreditei direito, parece absurdo, e é. Passei um dia inteiro na Defensoria Pública, foi cansativo, tive total apoio e auxílio dos meus primos advogados e graças a Deus deu tudo certo.

Agora vamos esperar as químios acabarem, seguir para rádio (que depende da avaliação do radioterapeuta ainda, pois não se pode fazer rádio no mesmo local duas vezes) e tratamento hormonal com o tamoxifeno. Fiz um PET-CT (corpo zerado, amém!), outra biópsia guiada (mamotomia) por ressonância na mama esquerda (temos que continuar de olho nela também), ecografias e tomografias.
E assim a vida segue, ela não pode parar. Vamos apenas incluir o tratamento na vida diária e seguir em frente. Os planos e sonhos continuam e estou correndo atrás deles. Sou muito grata a Vida pelos ensinamentos diários, a Deus por me permitir vivê-la e estar aprendendo. Sou grata ao meu maridinho lindo que está sempre ao meu lado em todos os momentos (meu amor, meu cúmplice, meu parceiro, que a cada dia que passa fico mais apaixonada e mais feliz ao seu lado), a minha família – meu pai, minha mãe (minha companheira de todas as horas) meus irmãos, que se desdobram para me auxiliarem, me apoiarem e me deixarem tranqüila – as minhas tias, tios, primas e primos que não medem esforços para me verem feliz e curada, toda hora demonstrando apoio e carinho – minha vovozinha sempre cuidadosa e preocupada – e as minhas amigas e amigos, que são poucos, mas verdadeiros.


Eu e maridinho estamos morando ”na roça” e foi a melhor coisa que fizemos neste momento (apesar de eu ter feito a primeira químio numa quinta-feira e mudado num sábado - #nãorecomendo#éloucuratotal). Aqui encontro a paz que preciso para me recuperar. Da primeira vez, quando eu queria fugir, fugia pra cá. Agora eu moro aqui! Piso na grama, olho pro céu, olho pro verde, abraço uma árvore, corro e brinco com meus cinco cachorros (ás vezes sete cachorros, quando meus sobrinhos de quatro patas vêm nos visitar), acordo vendo araras e tucanos passando pela minha janela, sinto o cheiro do mato molhado pela chuva, sinto o cheiro da tranqüilidade, da paz e da saúde.

31 comentários:

  1. Força, Amanda!!!http://papodemulherfutilidades.blogspot.com.br/?zx=cf8bd1fc39c88bb1

    ResponderExcluir
  2. Minha querida, estou com você em pensamentos e orações, mas posso estar mais perto, se você quiser. Muita força porque tudo ficará bem, Deus não desampara. Beijo com muito carinho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiça, minha linda!!!! Um beijo bem grande pra vc e "tamo junto" sempre!

      Excluir
  3. Amanda querida! Você é forte e tenho certeza que vencerá mais uma vez... A maior parte das vezes não entendemos por que passamos por certas situações... Mas devemos buscar o para que... E tentar transformar tanta dor e sofrimento em algo bom... Como você fez escrevendo seu blog que tanto ajudou a tantas pessoas (e eu me incluo nessa lista)... Força! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Amanda!
    Nessa manhã eu oro a Jesus pedindo que Ele cure seu físico.
    Leia Isaías 53.
    Aproveito a oportunidade e e convido a conhecer uma igreja da visão celular M12.
    Deus abençoe sua família.

    ResponderExcluir
  5. Raíssa Almeida Avelino7 de fevereiro de 2015 21:21

    Sua linda. Te amamos e sua cura é certa. Deus está contigo

    ResponderExcluir
  6. Rimã lindaaaa, como eu me orgulho de vc! Vc é uma guerreira de muita luz, está a cada dia mais firme e aprendendo a arte que é viver. Tenho plena certeza de que venceremos juntas mais esta batalha, pois aprendemos que as dificuldades e obstáculos que aparecem no nosso caminho, são lições e aprendizados que encaramos com positividade. A vida é evolução espiritual, e vinhemos pra isso, crescer e evoluir!! Te amo infinitamente! Vc é um grande exemplo pra mim!!! Mil bjussss da sua Dedézinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã, vc é fundamental na minha vida! Te amo demais!!! Obrigada por estar sempre comigo! Estamos crescendo e evoluindo todos juntos. bjo!

      Excluir
  7. Prima linda, sempre me emociono com suas palavras e me admiro cada vez mais de vc. Tenho muito orgulho de ser sua prima. Seu modo de encarar a vida e os problemas q surgem são sempre lição para todos q convivem com vc. Te amo! Tenho certeza q sua cura e questão de tempo. Força e fé para vencer mais essa batalha. Milhões de beijos meus e dos filhotes. Marina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prima, saiba que eu também te admiro muito, como mãe, filha, sobrinha, esposa, irmã, prima e amiga. Obrigada por todo seu carinho sempre! Tb te amo!

      Excluir
  8. Amanda, nem tenho palavras pra dizer o tamanho da minha admiração por vc. Cada dia que passa vejo mais força, mais garra, mais luta, mais busca pelo que é melhor pra vc. Qta lição vc nos dá! Diariamente estamos aprendendo com vc a ser mais equilibradas, mais tolerantes, mais maduras, mais serenas e, principalmente, dando o real significado que cada coisa tem.
    Daqui a pouco isso será passado, Amandinha. Você vai vencer mais essa e vai contar das coisas boas que ganhou com tudo isso.Te amo! Bjs. Tia Ieda

    ResponderExcluir
  9. Amandita, você realmente é uma pessoa iluminada! sua fortaleza e sua fé me impressionam a cada dia ! Continue assim, olhando sempre pra frente. Já antevejo a sua cura, so falta mais uma sessão e sei que vai tirar de letra. Parabens pelo Blog, não pare nunca de escrevê-lo. Inumeras pessoas o acessam e se espelham em você, na sua luta, na sua coragem, na sua grandeza de coração! A vida é assim, a gente não tem tudo que se deseja, uns tem mais saúde, outros tem mais dinheiro, outros tem mais AMOR. E com o seu lindo CHUCHU ao seu lado te dando forças e te dando amor e você sempre de mão dadas com Deus a sua luta será bem mais branda. Dias melhores já se aproximam, é so uma questão de tempo. Sou sua fã e te admiro demais. Um beijo de sua Tia TT.

    ResponderExcluir
  10. Obrigada, tia amada! Tenho as melhores tias e primas do mundo!

    ResponderExcluir
  11. Prima linda, vc é forte e guerreira, vai levar essa de letra. Pode contar sempre comigo!!! Te amo sempre. Beijos Maiara

    ResponderExcluir
  12. Amandinha querida, difícil vermos uma pessoa com essa força, determinação e garra. As palavras são poucas para descrevê-la, além de ser uma pessoa muito querida e amada. Tenha certeza que seus projetos serão realizados, será apenas uma questão de tempo.
    Essa batalha é apenas mais uma da guerra que vc está lutando com tanto fervor e sairá vitoriosa.
    Bjs, minha linda.
    Tia Cândida

    ResponderExcluir
  13. Olá amanda acompanho seu blog desde q tive o câncer de mama no final de 2012 aos 32 anos seu blog me ajudou muito, vc foi minha inspiração. Tenho certeza q sairá vencedora!!! Qual é-o protocolo que vc esta fazendo agora? Bjs

    ResponderExcluir
  14. Amanda, mulher guerreira! Sou graduanda em Fisioterapia, e meu TCC será sobre os benefícios da Fisioterapia em pós- Mastectomia. Estou aproveitando para visitar blogs para tentar entender e sentir o que vocês passam e sentem. Sua história é incrível! Vou acompanhar seu blog sempre que possível, torço muito por você! Tudo dará certo, viu? Beijos!!
    Gabi

    ResponderExcluir
  15. Boa noite Amanda!
    Temos histórias muito parecidas!
    Gostaria de conversar com vc através de emails. Pode ser ?!
    Segue o meu: letsreimer@hotmail.com
    Se vc puder me passar o seu, desde ja agradeço!
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Amanda

    Como você esta?
    Força! Os recursos são muitos e recidivar não significa mais sentença de morte. Não é o ideal, mas se acontecer temos que tratar com a certeza que tudo dara certo.
    Muita luz, muita paz.
    Te admiro. Bia

    ResponderExcluir
  17. Prima amada,
    Tem que atualizar o blog. Venho sempre aqui em busca de notícias fresquinhas e nada...
    Como vc está?
    Eu estou sempre rezando por vc.
    Te amo!
    Marina

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    É exemplar ver sua garra e sua luta diária.
    Sei que muitas vezes é dificil lidar com essa situação, mas um livro que pode te ajudar muito e que com certeza você tem ou pode achar facilmente é a biblia.
    Por meio dela Deus nos dá uma maravilhosa esperança de viver num futuro sem doença, morte e sofrimento. Imagine, não seria maravilhoso?
    Veja essa garantia em sua própria biblia no livro de Revelação (Apocalipse) 21:4.
    Mas enquanto isso não acontece muitos precisam enfrentar desafios como o seu ....veja esse exemplo:
    http://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/g201501/caso-esclerodermia-sistemica/#?insight[search_id]=17ffdbcc-e0a0-4225-ad4c-714d4d7a1f8b&insight[search_result_index]=4

    Espero que tenha gostado do site, ahhh lá tem a biblia online também...
    Enfim, desejo pra você as palavras de 2 Tessalonicenses 2:16, 17(Leia)
    Abraço
    Qualquer pegunta entra em contato comigo laise_5@yahoo.com.br.
    Abraço,
    Laise.

    ResponderExcluir
  19. Muita força minha querida! Descobri no passado dia 9 de Março deste ano que também eu tenho cancro de mama. Carcinoma Ductal Invasivo Grau I.. Custa imenso mas temos que agarrar o boi pelos cornos :) Portanto meu anjo Muita Força!!!

    Aqui fica o meu blog se quiseres seguir..
    http://cancroabatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  20. Esta é a primeira vez que comento alguma coisa em um blog. Sempre leio muitos mas nunca tive coragem de comentar. Também estou lutando contra um câncer de mama. E estou muito assustada estou na radio agora. Mas a cada exame, cada dorzinha que surge no corpo surge um medo de não sei da onde. E nos tira o fôlego. Fico triste por sua recidiva. Mas feliz ao ver que você não perdeu sua garra. Márcia

    ResponderExcluir
  21. Amanda querida, meu coração e orações estão contigo.
    Indignadíssima com esse intruso, como ousa!
    Mas ele também passará em definitivo.
    Que a Luz curativa de Jesus, ilumine o lugar onde você habita, com a força de todos esses anjos que a rodeiam, na forma de quatro patas, da natureza e de seu amor companheiro.
    Um grande Abraço.

    ResponderExcluir
  22. caramba,,, sua história é IDENTICA HA MINHA.. A recidiva foi local, surgiu no mesmo local de origem. mastectomizEI AS DUAS MAMAS E AGORA APAFRECEU UM NA PELE .... JA FIZ TODOS OS EXAMES E BIOPSIA TAMBÉM ELE É FEIRTO DE ESTROGENIO E PROGESTERONA...JA FIZ PTSCAN E NÃO DEU MAIS EM NENHUM LUGAR-- NÃO QUERO FAZER QUI,MIO DE NOVO, QUERO TIRAR E FAZER RADIO OU FAZER RADIO E DEPOIS TIRAR PORQUE TENHO PROTESE NAS 2 - RESOLVEREI COMMINHA MEDICA.. MAIS TE DIGO QUIMIO NÃO FAÇO DE NOVO QUASE MORRI NA PRIMEIRA VEZ... FOI MUITO FORTE PRA MIM... E ALEM DISSO TENHO OS RINS E FIGADO POLICISTICOS NÃO POSSO TOMAR REMEDIOS... SÓ SEI QUE VAI DAR TUDO CERTO... POIS NINGUEM MERECE ISSO...

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui: